Seguidores

quinta-feira, julho 05, 2012

O processo de construção de um novo livro de Arturo Pérez-Reverte:

"Este cuaderno no es una novela en marcha ni la novela de una novela. Sólo recoge anotaciones sobre el trabajo en curso."

http://novelaenconstruccion.com/

quinta-feira, maio 31, 2012

Tratamento fez ratos paraplégicos andarem por vontade própria

A humanidade não pára de me espantar. Cientistas descobriram que é possível regenerar neurónios da medula espinal com um cocktail de medicamentos e estímulos eléctricos, e fazer ratos paraplégicos voltar a andar.

domingo, maio 27, 2012

Uma vez que a RTP não conseguiu enviar uma jornalista digna desse nome para fazer a entrevista, façam de conta que é um monólogo (não é fácil, porque há sempre um ruído de fundo, mas vale a pena):

http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=489014&tm=4&layout=122&visual=61

quarta-feira, maio 16, 2012

Receita... da VIDA


 Hoje celebrou-e o Dia Internacional das Histórias de Vida.... da NOSSA VIDA!!






terça-feira, maio 01, 2012

Mesas para Niveladores

Hoje seria dia de pic nic dos Niveladores. Seria mas não foi. A chuva. A abençoada e desejada chuva que nos impediu. Apenas adiou o reencontro. Por isso, por ter pensado que hoje estaríamos juntos, durante o dia tenho-me lembrado de muitos encontros, de muitas refeições partilhadas. E por isso a vontade de colocar algumas mesas. Em todas elas elementos dos Niveladores.
//3.bp.blogspot.com/-WjIXw9KH_p0/T5_-mi6LH9I/AAAAAAAACFE/G11NJ22nKjI/s1600/IMG_1335.JPG" imageanchor="1" style="">

domingo, março 04, 2012

Jantar anti-crise

Se quer combater a crise compre um 1 kg de amêijoas. Não atente no preço! Não tenha coragem de as deixar escondidas numa prateleira do supermercado. Engula em seco, faça um grande sorriso e prepare-se para as devorar. Em simultâneo reze para que elas não tenham efeitos secundários nocivos.

Sigam o nosso exemplo e a crise desaparecerá num ápice!!!


domingo, fevereiro 19, 2012

Um texto interessante de J. Pacheco Pereira (na íntegra aqui):

"O país divide-se assim entre funcionários públicos, vivendo do erário público, acima das suas posses, e fazendo tudo para ter feriados e não trabalhar (os "preguiçosos"), cultivando um egoísmo social assente em pretensos "direitos adquiridos" ("autocentrados"); e jovens yuppies, dinâmicos e empreendedores, com uma "cultura empresarial", capazes de correrem riscos ("competitivos"), sem cuidarem de terem "direitos" para subirem "por mérito" na escala social ("descomplexados"). Nem uns nem outros existem na vida real, nem sequer como caricaturas, que é o que isto é, mas isso pouco importa.

A História está cheia destes dualismos, velhos como o tempo, mas típicos da linguagem abastardada do poder dos nossos dias. É um esquema assente numa mistura de demonização e dewishful thinking, que circula assente num moralismo social, também típico dos dias que passam."

sábado, fevereiro 11, 2012

Palhaço

O F. Rosas é um boçal. Estou com o Santana: "“E você disfarça aqui, todas as semanas, a sua ideologia. A armar em defensor do regime democrático. Eh pá, vá dar lições de democracia a outro." Bem dito.

sexta-feira, fevereiro 03, 2012

Grande Vasco

"O recém-empossado presidente do Centro Cultural de Belém (CCB), Vasco Graça Moura, fez distribuir ontem à tarde uma circular interna, na qual dá instruções aos serviços do CCB para não aplicarem o Acordo Ortográfico (AO) e para que os conversores – ferramenta informática que adapta os textos ao AO – sejam desinstalados de todos os computadores da instituição."

quarta-feira, janeiro 25, 2012

Da viagem V - Milão








Alguns apontamentos de Milão. A incontornável Duomo, as bicicletas e as portas decoradas dos elevadores de hotéis.

domingo, janeiro 22, 2012

http://lightbox.time.com/2012/01/12/coming-of-age-in-america-the-photography-of-joseph-szabo/#1

(alguma vez teve qualquer credibilidade jornalística?)

"[Fátima] Campos Ferreira prossegue o seu triste papel de sempre, qualquer que seja o governo. Já passou pelos de Durão, Santana, Sócrates e agora Passos Coelho: o governo quer, Fátima faz, o governo tem. [...]
É tal a submissão à agenda dos governos que o programa não tem a mínima credibilidade jornalística. Manteve-se durante anos fora da alçada da Direcção de Informação da RTP, absurdo que só a sua submissão ao governo poderia justificar. Depois passou para a alçada da Direcção de Informação no tempo de Sócrates… e ficou na mesma ou pior. Desta vez, a rejeição de que o programa rélvico--angolano se chamasse Prós e Contras indica que a Direcção de Informação da RTP não quis sujeitar o grosso dos jornalistas da RTP ao vexame a que Guilherme Costa, Marinho e Campos Ferreira o sujeitaram.
Aliás, é precisamente a relativa independência da actual informação da RTP nos seus noticiários, impensável durante o consulado de Sócrates, que leva o actual governo a agarrar-se ainda mais ao Prós e Contras como veículo para as suas prioridades de agenda."
(E. Cintra Torres, Correio da Manhã)

segunda-feira, janeiro 09, 2012

domingo, janeiro 01, 2012